sábado, 20 de outubro de 2007

1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer

Já tinha visto este livro há alguns meses, mas fugi da livraria, literalmente. Da última vez, que o vi, na Saraiva, peguei, folheei, namorei e passei no scanner de preço – R$ 98,00 ! Felizmente, resolvi dar uma olhada na saraiva.com – R$ 47,00 + frete, como pedi para pegar na loja, não tem frete ! Ou seja, R$ 47,00 !! Menos da metade do preço. Bem, o livro chegou ontem.

Achei que ele ficaria na sala de casa para, de vez em quando, eu ler sobre um ou outro CD, sem maiores compromissos. Ledo engano, estou lendo compulsivamente página a página, ordenadamente, e tentando ouvir Cd a Cd cronologicamente. Sei que não vou gostar de tudo, sei que o livro é escrito por americanos, e sei que nem de longe haverá menções à todo arsenal maravilhoso e criativo da música brasileira ou até da latino-americana e sei mais ainda que não é por causa dele que vou virar um expert em música mundial. Mas uma coisa é ouvir Frank Sinatra, Elvis Presley, Beatles, Beach Boys, ACDC, The Clash, Marvin Gaye, etc, etc, etc.e outros à toa, e outra coisa é situá-los no tempo, saber o que foi aquele disco, como e porque ele foi gravado e o que representou.

Vou ficar maluco, eu sei, pois agora mesmo estou ouvindo o primeiro da lista e adorando. Mas uma frase escrita por um dos autores na introdução do livro me alivia.

“ De minha parte aprendi muito durante os meses em que estive envolvido com a produção deste livro. E posso afirmar com toda a certeza: Não é possível sofrer uma overdose de música.”

Então... ao vício ! Liberado para ser lido e ouvido compulsivamnente !!

Ocorreu um erro neste gadget