sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Bruce Springsteen – Magic

Eu tentei. Fiz um esforço danado... Mas sempre achei e sinto que sempre acharei Bruce Springsteen um lixo, do primeiro escalão dos lixos. A voz carregada no Delay (Eco mesmo), com um monte de backs femininos nos refrões, um sax ridículo em todas as músicas e o tecladinho anos 80 (para se sentir no cinema vendo “Back To The Future”), fazem dele uma das piores coisas da música atual. Chego a duvidar que isso venda, pra mim é tudo jogada de marketing, ele não vende nada de música, mas dizem que ele vende para ele poder ganhar dinheiro de outro jeito, com aparições em festas, e outras tarefas. A definição para ele é inaudível, chato pacas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget